Evangelho · Mensagens

Ovelha se arrepende!

Ovelhas se arrependem?

Jesus Redefine Arrependimento

Jesus pinta uma nova imagem do arrependimento. No Antigo Testamento, o arrependimento, a palavra hebraica shub [שׁוּב], é definida por um indivíduo que se volta (retorno) de seu pecado, e então, volta para Deus. A responsabilidade é do indivíduo em parar de pecar, e em seguida, voltar a Deus.

No Novo Testamento, no entanto, Jesus assume esta responsabilidade – com alegria, diz o Dr. Ken Bailey. Ele sai para encontrar o indivíduo perdido e, em seguida, o carrega para casa. Para obter uma compreensão visceral acerca disso, leia a parábola da ovelha perdida (Lucas 15.3-7).

Como é que as ovelhas se arrependem?

Ovelha perdidaQuando uma ovelha percebe que está perdida, ela congela, diz o Dr. Ken Bailey. Porque ela está apavorada, tudo o que pode fazer é balir, gritar. Mesmo quando a ovelha ouve a voz de seu pastor, ela ainda não consegue se mover. O pastor pega-a e carrega-a de volta ao aprisco. No Oriente Médio, com seu terreno acidentado, transportar 20 ou 30 kg de uma ovelha é uma tarefa difícil e perigosa. Muitas vezes, leva de dois a três dias para localizar e restaurar uma ovelha. E qual é a resposta do bom pastor para tarefa tão difícil? … ALEGRIA.

Jesus continua: “haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende…” A ovelha representa o pecador, o que levanta a questão: “O que a ovelha faz que se assemelha ao arrependimento?”

Para compreender o seu pleno significado, precisamos olhar para todas estas três parábolas inter-relacionadas (a ovelha perdida, a moeda perdida, e os filhos perdidos). Nelas, Jesus declara que ele veio à terra para nos encontrar e restaurar. E através destas parábolas, de acordo com o Dr. Bailey, Jesus está redefinindo arrependimento para o significado de aceitar ser encontrado. Jesus mostra que a sua responsabilidade é nos encontrar e restaurar. É nossa responsabilidade – nosso arrependimentoaceitarmos sermos encontrados.

Texto: Lucas 15: 4-7

Qual de vós, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa as noventa e nove no deserto e vai em busca da que se perdeu, até encontrá-la? E quando a encontra, põe-na sobre os ombros. E quando ele chega em casa, convoca os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: “Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha que estava perdida.” Assim eu vos digo, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

O que Martinho Lutero tem a ver com a ovelha perdida?

A parábola da Ovelha Perdida ilustra a imagem de Jesus que toma a responsabilidade de nos encontrar e restaurar. No entanto, quando você olha para o trabalho de Martinho Lutero, há uma ênfase, não na fidelidade de Jesus, mas em nossa fé, um requisito para a salvação. Ao ler o seguinte precedente histórico, você vai ser capaz de preencher esta lacuna.

Abra uma Bíblia e provavelmente há as impressões digitais de Martinho Lutero. Sua tradução da Bíblia libertou o homem comum, mas agora pode aprisioná-lo. Em 1500, era Lutero quem estava disposto a morrer para proclamar que somente a fé salva, não a igreja. Na época, a igreja estava vendendo indulgências. A redenção podia ser comprada por um preço. Em 1517 João Tetzel disse em seu sermão, “Você não ouve as vozes de seus pais mortos e outros parentes gritando: ‘Tem misericórdia de nós, pois sofremos grande castigo e dor. Poderias nos libertar disso com algumas esmolas… Nós te criamos, te alimentamos, cuidamos, e te deixamos os nossos bens. Por que nos tratas de forma tão cruel e nos deixas sofrer nas chamas, quando custa tão pouco para nos salvar?’”

Se Lutero estivesse vivo hoje, ele provavelmente iria fornecer uma tradução atualizada removendo sua ênfase na nossa fé, e restaurando a fidelidade de Jesus que salva. Antes de Matinho Lutero, versões anteriores do Oriente Médio do Novo Testamento enfatizaram a fidelidade de Jesus, não a nossa fé. Por exemplo, antes de Lutero, Romanos 3:22 dizia: “a justiça de Deus mediante a fidelidade de Jesus Cristo…” E a tradução de Lutero: “a justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo …” (Keith Brown).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s