Mensagens

Quando o Pastor Vira Ovelha

Que bizarro seria um pastor se comportar como ovelha! Na verdade, desastroso. Ao invés de guiar as ovelhas ao pasto e alimentá-las, ele mesmo age entre elas como ovelha em busca de pasto. No lugar de ser aquele que conduz as ovelhas ao ribeiro para dessedentá-las, ele mesmo se comporta como uma em busca de água. Assim, as ovelhas não ouvem a voz que precisam para serem guiadas. E eis a parte mais trágica: pastores agem assim achando que as está pastoreando.

Não ignoramos a necessidade que pastores têm de também terem seus corações pastoreados. Mas isso não quer dizer que eles, ao exercerem sua função entre as ovelhas devam se comportar como uma. Afinal, se o pastor agir como ovelha entre as ovelhas, quem as pastoreará?

Eis então alguns sinais que percebo demonstrarem que o pastor está agindo como ovelha.

1 – Quando o ensino da Palavra é substituído por outro.

Geralmente isso acontece quando o pastor negligencia a pregação simples e fiel da Palavra. O banquete que a Palavra proporciona é substituído por reles migalhas de advertências moralistas, entusiastas ou motivacionais. Ainda que se use versículos bíblicos isso não passará de um placebo. Os conflitos e necessidades da congregação apenas serão satisfeitos se a Palavra de Deus (e não a opinião do indivíduo) atingir o coração do pastor e também da comunidade.

2 – Nenhum serviço efetivo a Cristo e às pessoas necessitadas é prestado.

O que as ovelhas precisam é trocado pelo que as ovelhas querem. Ao invés de o pastor ser um padrão dos fiéis que os estimule à obediência, ao amor e ao conhecimento de Cristo, ele e as ovelhas envolvem-se em distrações e entretenimentos. Os membros deveriam ser exercitados na fé e nas boas obras – em pleno comprometimento com o Senhor da Igreja – porém, acabam criando uma rotina de programações e eventos cujo resultado, muitas vezes, é a ociosidade e o sedentarismo espiritual.

3 – Reunião é confundida com comunhão.

A unidade é uma dádiva concedida exclusivamente pelo Espírito Santo, mas é dever da igreja preservá-la. Isso não é feito mecanicamente com reuniões. Nem sempre quando nos reunimos há comunhão, embora só haja verdadeira comunhão quando nos reunimos. Mas se as reuniões semanais não tiverem como foco a adoração ao Senhor e o empenho pela unidade no Espírito (Ef. 4:1-4), não irão passar de meras reuniões.

4 – Quando o pastor vira ovelha.

Há uma necessidade real de que os pastores estejam sempre junto das ovelhas e participem da vida delas para que possam pastoreá-las. As ovelhas jamais serão guiadas pela voz de uma ovelha entre muitas, mas pela voz do pastor. Elas precisam de um pastor que as lidere. De outra forma, elas não o ouvirão. Para isso os pastores deverão dispensar às ovelhas o cuidado que o Pastor dispensaria a elas. Ele deve ser para as ovelhas a voz do Único Pastor.

– Considerações

A Palavra de Deus é o único alimento necessário e capaz de suprir as necessidades da alma humana. Somente ela poderá suster os membros, e os que são de Cristo permanecerão sempre junto a ela para serem alimentados. Nenhum outro meio, por mais atraente que seja será capaz de cumprir o que somente a Palavra de Cristo é poderosa para fazer.

As ovelhas ouvem a voz do Pastor e o seguem, pois sabem que ele as conduzirá e providenciará o cuidado necessário para que elas estejam alimentadas, fortes e seguras.

Nenhuma atividade sob pretexto de comunhão substitui a unidade do Espírito pela fé em Jesus e pelo compartilhar mútuo da vida cristã.

Podemos passar a considerar melhor qual tipo de atitude tem sido a nossa como igreja. Mas antes de tudo, como pastores e como despenseiros fieis da graça que é ministrada por Deus aos santos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s