Traduções

O Evangelista Introvertido

Seth McBee 22/3/2016

Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judeia. Ele dizia: “Arrependam-se, porque o Reino dos céus está próximo”. Este é aquele que foi anunciado pelo profeta Isaías: “Voz do que clama no deserto: ‘Preparem o caminho para o Senhor, façam veredas retas para ele’”. As roupas de João eram feitas de pelos de camelo, e ele usava um cinto de couro na cintura. O seu alimento era gafanhotos e mel silvestre. A ele vinha gente de Jerusalém, de toda a Judeia e de toda a região ao redor do Jordão. Confessando os seus pecados, eram batizados por ele no rio Jordão. – Mateus 3:1-6

Para a maioria de nós, é nisso que nós pensamos quando pensamos em um evangelista: aquela pessoa meio louca, a quem admiramos por seu zelo. Ficamos impressionados com sua coragem, mas sabemos que se fôssemos chamados a fazer o mesmo, nunca conseguiríamos fazê-lo.

Quando treinamos para evangelismo, esta é a figura para que a maioria aponta ou imagina. Esta é uma das maiores razões pelas quais “evangelismo” e “evangelista” têm uma conotação negativa, tanto para o crente quanto para o não-crente. Essencialmente, treinamos pessoas para se encaixar em um tipo de personalidade específica, e chamamos isso de treinamento em evangelismo. Estamos treinando pessoas para ser evangelistas extrovertidos.

O Evangelista Eextrovertido

Evangelistas extrovertidos são as pessoas que vemos constantemente interagindo com estranhos. Eles são os animadores das festas, e adoram estar perto de pessoas em geral. Nós os vemos fazer tudo, desde evangelismo de rua até conversar sobre o evangelho com alguém ao entrar em um elevador com ele. Isso não é apenas uma alegria para eles, mas é algo muito natural. Esses caras são os “evangelistas”.

Quando senti o chamado para contar a outros sobre Jesus, pensei que deveria ser assim; por isso, fui de porta em porta distribuindo Bíblias, fui a eventos da comunidade e distribuí panfletos, etc., pensando que é assim que alguém é reconhecido como um evangelista e que tem “pés formosos por anunciar as boas novas”.

O meu problema foi que isso nunca pareceu natural para mim. Nunca me pareceu que Deus tivesse me feito assim. Eu debitava isso na conta do que significava para mim ser um sacrifício vivo. O problema era que não parava em mim, mas eu pregava que os outros deveriam fazer o mesmo, ou eles não teriam entendido o chamado para ser um evangelista.

No entanto, no corpo de Cristo, nem todos se encaixam nesse molde extrovertido; mas as pessoas pensam que é assim que todos os seguidores de Jesus precisam ser e viver. Temos de parar de chamar todos a serem evangelistas extrovertidos e permitir que as pessoas, especificamente os introvertidos, vivam a identidade de evangelista e missionário da maneira que Deus os fez.

Pino Redondo, Encaixe Quadrado

Acho interessante que passamos direto por como Deus nos fez e vamos logo para nossas ações, no intuito de provar quem somos. Devemos sempre começar com quem Deus nos fez para ser e, a partir daí, encontrar direcionamento para nossas ações. Mesmo biologicamente isso faz sentido. Não pedimos a um homem que engravide. Mas, infelizmente, isso é tão bobo como pedir a um introvertido que seja um João Batista.

Nós precisamos voltar para ver como as Escrituras falam de nós, como se encontra no Salmo 139.13-16:

Tu criaste o íntimo do meu ser

E me teceste no ventre de minha mãe.

Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável.

Tuas obras são maravilhosas!

Digo isso com convicção.

Meus ossos não estavam escondidos de ti

quando em secreto fui formado

e entretecido nas profundezas da terra.

Os teus olhos viram o meu embrião;

Todos os dias determinados para mim

Foram escritos no teu livro

antes de qualquer deles existir.

Deus criou cada um de nós exatamente como ele nos quer. Não apenas isso, mas ele vai usar seu desígnio sobre nós para alcançar e mostrar a sua glória aos confins da terra.

Quando eu percebi quem Deus me fez, e como ele me usaria, isso transformou o meu pensamento sobre a minha vida e sobre como eu lidero outros em missão.

O que eu percebi é que eu sou um extrovertido funcional. Muitos me veem e pensam que sou um extrovertido, mas, na realidade, minha esposa me chamava de um eremita, por causa do quanto eu evitava as pessoas.

O que isto significa para mim é que eu vou me forçar a estar em situações para conhecer novas pessoas e compartilhar histórias, mas isso não é algo natural para mim. Estou basicamente no meio caminho entre o introvertido e o extrovertido. Por isso, eu acho que tenho uma perspectiva única sobre como liderar e ser um evangelista introvertido.

Algumas Coisas Para se Pensar

Ser introvertido, e continuar sendo introvertido, não é pecado. Muitos impõem isso aos outros, e como consequência, introvertidos podem se sentir muito alienados e sobrecarregados ao fazer o que os outros (leia-se extrovertidos ou extrovertidos funcionais) estão fazendo. Deixe que o introvertido seja exatamente o que Deus o criou para ser, um introvertido.

Não tente tornar um introvertido em um extrovertido. Esta não é sua vocação. Sua vocação não é fazer com que todos em sua igreja se pareçam com você ou ajam como você. Se fosse esse o caso, todo o resto do planeta poderia morrer, e você poderia assumir como rei do mundo. Deus fez seu Corpo (a Igreja) diferente de propósito, incluindo introvertidos e extrovertidos.

Ter introvertidos em sua igreja não é o mesmo que ter crentes imaturos ou lobos em pele de cordeiro. Parece que a maioria de nós têm tratado os introvertidos como se fossem uma doença que precisa de uma cura, em vez de portadores da imagem de Deus criados por Ele para o Seu propósito. Saiba que a criação de Deus é linda, intencional, e deve ser comemorada, não depreciada.

Ser um introvertido não os exclui da missão. Não permita que os introvertidos usem sua característica como uma muleta. Em vez disso, lance luz sobre como Deus vai usá-los. Dê oportunidades e lidere-os no que pode significar estar em missão como um introvertido.

Como é a Missão para Um Evangelista Introvertido?

Os introvertidos, por natureza, têm dificuldade de estar perto de pessoas que não conhecem. Então, encontre um extrovertido ou extrovertido funcional que ame a Jesus e compreenda os introvertidos. Faça com que o extrovertido convide o introvertido para sua vida e atividades diárias. Isso permitirá que o introvertido esteja com quem conhece, mas também com quem não conhece.

Permita que o introvertido sirva em eventos, festas, atividades, etc. de uma forma em que se sinta confortável. Nós temos um introvertido em nossa comunidade missional que começou por tirar o lixo, limpar e fazer a comida em nossos churrascos e café da manhã. Foi muito engraçado porque ele era como um “ninja” silencioso na limpeza. As pessoas perguntavam: “Quem é esse”? Eu lhes dizia que ele era um amigo meu que estava aqui para ajudar, para que eu pudesse ter mais tempo para conhecer meus vizinhos. Me diga se isso não tem a ver com viver o reino! Depois de um tempo, ele começou a construir amizades e a falar com eles, e se sentia muito confortável em nossos grandes eventos, porque já conhecia a todos. Eu não tinha paciência no início, mas quando eu comecei a perceber como Deus o havia feito e seu amor por Jesus, eu permiti que ele vivesse conforme a sua identidade. Quando fazemos isso, tornamo-nos uma bela imagem do corpo diversificado de Cristo.

Saiba que, porque introvertidos não gostam de estar perto de pessoas que não conhecem ou de grandes grupos, eles não serão aqueles que vão planejar festas, ou ser a animação das festas. Não se importe com isso; está tudo bem! Não os force a fazer coisas que eles não são feitos para fazer. É claro que há um equilíbrio no chamado para a missão, mas, ao mesmo tempo, seja paciente. Descobri que quanto mais tempo você dá ao introvertido para estar perto de extrovertidos, ou apenas estranhos em geral, mais eles os conhecem e então desejam estar perto deles.

Quando um introvertido falar, escute. Introvertidos não querem incomodar as pessoas, porque não gostam de ser incomodadas. Mas, depois de conhecer as pessoas, eles vão falar a seus corações e sua sabedoria é geralmente precisa. Primeiro, eles ouvem e analisam. Quando eles finalmente sentem a necessidade de falar, costumam atingir o coração das questões em pauta. Não abafe suas palavras, mas ouça e incentive. Se você ignorar ou discutir com eles, eles são criaturas teimosas, e podem nunca mais falar novamente.

Introvertidos desejam comunidade, mas simplesmente não sabem disso. A maioria dos introvertidos pensam que querem estar sozinhos. O fato é que eles apenas não querem estar perto de pessoas que não conhecem. E não é algo que eles precisam apenas “superar”; isso é tão viável quanto tentar fazer um artista colocar um terno e sentar-se num escritório todos os dias. Simplesmente não vai funcionar. Então, você pode perceber quando você tem um introvertido que é um evangelista, porque ele começa a se juntar com aqueles com quem desenvolveu um relacionamento. Minha esposa é assim. Ela odeia conhecer novas pessoas; no entanto, uma vez que ela desenvolve relacionamentos, não só ela cede espaço para eles, como eles cedem espaço para ela.

O que é um evangelista, de qualquer forma? Um evangelista não é um tipo de personalidade nem um transtorno de personalidade, mas um evangelista é aquele que traz a boa notícia, tanto na proclamação com a boca quanto com suas ações. Se este for o caso, onde se diz que que um evangelista deve ser uma pessoa extrovertida ou introvertida? E se o plano de Deus era que todos fizessem o trabalho de um evangelista (2Tm 4:5)? Pense no poder da igreja se capacitarmos tanto o extrovertido quanto o introvertido a serem a representação da boa notícia da maneira que Deus os fez; quantas pessoas mais seriam alcançadas pela causa de Jesus?

Uma Advertência Final

Não deixe que o introvertido use sua característica como uma muleta para a missão. “Deus não me fez desse jeito” é uma muleta. Em vez disso, mostre-lhes como a missão pode ser. Encontre outro introvertido, ou extrovertido funcional, que pode ajudá-los a ver como a missão pode ser para eles. Não apenas diga-lhes como deve ser; tenha alguém para servir de modelo. Introvertidos são portadores da imagem e desejam fazer discípulos; eles apenas não sabem como isso funciona para eles. Não é porque eles são burros, mas porque a igreja tem historicamente modelado como deve ser um evangelista extrovertido.

Não desista dos introvertidos. Só porque eles não vivem a missão da mesma forma que você, isso não lhes faz menos filhos de Deus, nem lhes faz menos evangelistas. Você vai ter que ser paciente com eles. Tudo bem, Deus tem sido paciente com você toda a sua vida e você continua falhando.

O ponto deste pequeno artigo é que o introvertido é criado por Deus, não pelas mentiras de Satanás. A mentira de Satanás é que nós precisamos fazer outras pessoas serem como nós, seja lá quem “nós” sejamos.

Se você tem introvertidos em sua igreja, capacite-os de acordo com a forma que Deus os fez.

Se você é um introvertido, cumpra a missão de fazer discípulos da forma que Deus chamou você, baseado em quem você é. Não use sua característica como uma muleta, e não deixe ninguém fazer o mesmo com você.

Comece pequeno. Pergunte ao Espírito “o que vem a seguir?”, e ele vai lhe mostrar exatamente o que você precisa fazer, do jeito que ele fez você. Pode ser a coisa menor e mais estúpida de que você já ouviu falar, mas é um passo. Pode ser ajudar a apanhar lixo na próxima festa – você pode ser o próximo “ninja” da limpeza para Jesus.

Artigo reblogado de http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/o-evangelista-introvertido e publicado originalmente em http://www.gcdiscipleship.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s